Recadastramento Bolsa Família



O Bolsa Família é um programa de transferência de renda que tem beneficiado mais de 13 milhões de pessoas no Brasil. O benefício é pago mensalmente em um período de um ano. Ao chegar perto de completar um ano, é preciso que o beneficiário atualize suas informações pessoais e familiares. Esta atividade é denominada de recadastramento do Bolsa Família e trata-se de uma forma de manter o programa ativo. Portanto, você sabe como fazer o recadastro do benefício?

Recadastramento Bolsa Família

Recadastramento Bolsa Família – Como se recadastrar no Bolsa Família

Quando preciso fazer o recadastramento do Bolsa Família?

Normalmente os beneficiários são solicitados a se recadastrarem no Programa Bolsa Família após 2 anos do cadastro no Programa. É importante ficar atento: caso você seja solicitada a s recadastrar no programa, é necessário fazer isso imediatamente, pois os próximos pagamentos do programa serão bloqueados até que haja o cumprimento do recadastramento.

O pedido de recadastramento normalmente ocorre no comprovante de pagamento do bolsa família do mês atual. Quando você faz o saque do benefício junto à Caixa ou à uma lotérica, recebe um papelzinho de comprovante – é importante sempre ler esse papelzinho para ter certeza de que não há recadastramento agendado.

Recadastramento do Bolsa Família

O recadastramento do Bolsa Família é uma atividade vital para o funcionamento do programa. É por meio dele que o beneficiário garante que o benefício seja oferecido por mais um ano. Simplificando, o recadastramento do Bolsa Família é uma atividade para atualização cadastral. De caráter obrigatório, quem não fazer o seu devido recadastramento corre o risco de ter seu benefício bloqueado. Quando for o tempo necessário para realizar o recadastramento do Bolsa Família 2017, o beneficiário recebe uma mensagem por meio do extrato de sua conta informando que deve comparecer no órgão responsável para realizar o recadastramento do Bolsa Família.

Devido ao grande contingente de beneficiários do programa, é recomendado não deixar para realizar o recadastramento do Bolsa Família de última hora. Isto porque você pode enfrentar filas que podem rodar quarteirões.

Fazer o recadastramento é rápido e fácil. Não é um longo processo, como fazer o cadastro no programa. Nesta situação, o profissional só irá verificar novamente as informações de sua documentação e pronto. Caso esteja tudo de acordo, o recadastramento é validado e renovado.

Documentos necessários para recadastramento do Bolsa Família

Para realizar o recadastramento é preciso que o beneficiário se dirija até o órgão responsável pelo benefício em seu município, muitas vezes a Secretaria de Assistência Social, portando alguns documentos essenciais.

O responsável pela família deve comparecer portando o título de eleitor e também o Cadastro de Pessoa Física, também conhecido como CPF. Além disso, é preciso que apresente também ao profissional responsável pelo recadastramento os documentos do grupo familiar, são eles:

  • Carteira de trabalho (CPTS)
  • Certidão de casamento
  • Carteira de identidade (RG)
  • Título de eleitor
  • Também a certidão de nascimento.

O que acontece se não fizer o recadastramento do Bolsa Família

Muitos devem se perguntando sobre o que acontece se não realizar o recadastramento do bolsa família, não é verdade? Como o recadastramento é uma atividade crucial para o funcionamento do programa, aqueles que não realizar o recadastro tem imediatamente o benefício bloqueado. Por isso, não corra o risco de perder o benefício, assim que receber a mensagem no extrato da conta dirija-se até a secretaria de assistência social para realizar os procedimentos cabíveis.





Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5.00 out of 5)
Loading...

CONTINUE LENDO

Deixe seu comentário!

Comments are closed.