Programa Criança Feliz



No dia 19 de julho de 2016, o presidente Michel Temer lançou o Programa Criança Feliz. Esse projeto tem como objetivo atender todas as crianças beneficiárias do Bolsa Família. Tem uma meta de contratação de 80 mil pessoas e estimasse que custará R$ 2 bilhões ao ano para manter o pleno funcionamento do programa, através do acompanhamento das famílias por assistentes sociais.

Programa Criança Feliz

Programa Criança Feliz

O que é o Programa Criança Feliz

O programa tem como objetivo promover o desenvolvimento integral das crianças até os 3 anos de idade. Esse período é considerado vital para o desenvolvimento das funções cognitivas das crianças.

Primeiramente este programa dará maior atenção as gestantes, as crianças de até 3 anos e as de 6 anos das famílias beneficiarias do Bolsa Família. Profissionais capacitados irão acompanhar e fazer visitas domiciliares periódicas nessas famílias

Segundo pesquisas, foram constatadas dificuldades com relação ao estimulo das crianças no primeiro ano de vida nas áreas mais carentes. As marcas desse vácuo no estímulo infantil podem refletir na alfabetização e convívio social da criança, gerando assim grandes problemas futuros.

No presente ano o programa tem a estimativa de atender apenas 5% do público alvo, com um custo baixo de R$ 100 milhões. No ano de 2017, estimasse que o orçamento passe dos R$ 1 bilhão. E o valor de R$ 2 bilhões espera que seja atingido em 2018, quando estimasse que o programa chegue ao seu funcionamento pleno. Osmar Temer é médico e deputado federal, no início dos anos 2000, foi secretário da Saúde do governo gaúcho e implantou um programa parecido com a Criança Feliz.

Programa Criança Feliz dá dinheiro?

Não. O programa é uma inciativa para o aumento no número de assistentes sociais responsáveis pelo programa. Além de poderem dar mais atenção para as famílias, ajudando a resolver os problemas dos grupos familiares com maior facilidade, vai aumentar, em consequência, a fiscalização que existe sobre o Calendário Bolsa Família.

Vantagens do Programa Criança Feliz

É questão de senso comum já que é necessário investir no desenvolvimento humano. Precisamos deixar de visar somente o crescimento da esfera econômica e o enfretamento das desigualdades sócias, para focar na verdadeira raiz do problema. A grande maioria dos países concentram todo seu investimento na saúde e na educação infantil, em específico na primeira infância (de zero a seis anos).

Bolsa Família 2017

Bolsa Família 2017 – Calendário do Bolsa Família 2017

Estudiosos apontaram que para se obter um melhor desempenho educacional e mais produtivo, as pessoas desde cedo devem se cuidadas, protegidas e estimuladas a diversas brincadeiras. Se tornando assim, um indivíduo mais feliz e equilibrado psicologicamente.

Nos últimos anos o Brasil apresentou uma grande evolução no desenvolvimento de políticas públicas para mães e crianças. Foram elas: direito a educação básica, implantação do sistema único de assistência social (Suas) e do sistema único de saúde (SUS), nossos pequenos cidadãos vivem em uma situação bem melhor do que a algumas décadas atrás. Porém, ainda temos muito que crescer e conquistar para que não haja mais famílias em risco social.

A Lei 13.257/2016 marcou a importância da assistência a primeira infância. Para a promover o desenvolvimento integral da primeira infância, a legislação enfatiza a importância da integração dos estados, das famílias, dos municípios e da sociedade, afim de nutrir e defender os direitos das crianças.

Considerando as famílias e o sua situação de vida, o programa Criança Feliz foi planejado com o objetivo de fortalecer a execução do Lei citada no parágrafo acima, garantindo assim o progresso das crianças na primeira infância.





Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

CONTINUE LENDO

Deixe seu comentário!

Os comentários estão desativados.