CADÚNICO – Cadastro Único



CADÚNICO – Há anos que o Governo Federal combate à pobreza no Brasil através de programas sociais de distribuição de renda, como é o caso do Programa Bolsa Família, programas como o Escola da família, e mesmo as iniciativas na educação, como é o caso do FIES e do SISU. Esses programas, porém, beneficiam milhões de pessoas, o que significa que seriam muito difícil gerenciar tanta informação sem ajuda de um sistema único e eficiente para gerenciar toda essa informação. Para isso foi criado o CADÚNICO, o Cadastro único para benefícios sociais do Governo Federal. Esse cadastro integra as principais informações de famílias brasileiras que estejam cadastradas nos principais programas sociais da União.

O Cadastro Único encontra-se atualmente em sua sétima versão – também conhecida como CADÚNICO 7 – e integra todas as informações de grupos familiares, como renda familiar de cada indivíduo, informações sobre escolaridade, idade, e valores dos benefícios pagos para cada família. O Governo também pode gerar estatísticas usando os dados que o programa recolhe para entender melhor o mapa da pobreza no Brasil, e definir políticas mais eficientes no combate à pobreza e miséria no país, e até para aprovar novas leis para tornar o futuro das pessoas menos desigual e mais próspero.

Cadastro único de programas Sociais do Governo Federal

Cadastro único de programas Sociais do Governo Federal

Como se cadastrar no CADÚNICO

Famílias que desejam participar dos programas sociais do Governo Federal e se enquadrem nos perfis para participar de programas como o Bolsa Família 2016 podem se inscrever no Cadastro Único comparecendo à secretaria de assistência social do seu município. Só é necessário que um representante do grupo familiar vá para efetivar a inscrição, levando consigo documentos básicos de identidade dele e dos membros de seu grupo familiar, como:

  • Carteira de identidade com CPF de todos os membros da família que possuírem o documento;
  • Certidão de Nascimento de todos os membros do grupo familiar;
  • Certidão de casamento de todos os membros da família que permaneçam em união estável;
  • Documentos de comprovação da renda familiar de todos os membros economicamente ativos dentro da família;

Como funciona o cadastro único

O CadÚnico é mantido melo MDS – Ministério do Desenvolvimento Social, e seus dados são usados para a inscrição em vários programas sociais oferecidos pelo Governo como o Bolsa Família, telefone social, Tarifa social de energia elétrica, entre outros. Para receber qualquer um desses benefícios, a inscrição no cadastro único e obrigatória. O Governo analisa as informações que as pessoas cadastram no sistema e filtra aqueles casos em que as pessoas possam estar apresentando dados inconsistente, para beneficiar apenas as famílias mais necessitadas, evitando assim o desperdício do dinheiro público.

O cadastro no programa deve ser feito nos municípios, pois a responsabilidade pelo cadastramento das famílias recai sobre as prefeituras e os órgãos locais, que tem mais condições de efetuar a fiscalização da aplicação efetiva dos valores investidos pelo programa. As prefeituras podem, eventualmente, visitar as famílias para fiscalizar e evitar possíveis fraudes no fornecimento do programa. Em alguns casos, as famílias podem receber visitas dos assistentes municipais antes mesmo de serem beneficiadas, para conferir a real situação de renda do grupo familiar.





Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votes, average: 5.00 out of 5)
Loading...

CONTINUE LENDO

Deixe seu comentário!

Comments are closed.